1 2 3 4 5 »
"Como é bom estar com você, me faz tão bem. Quando me sinto perdida é em você que me encontro. Você me decifra, me completa. Me pego sorrindo pensando em você, dizendo que me amas. E quando olho nos seus olhos é isso que vejo, amor. Oh, você é um sonho pra mim, quando estou como você me sinto tão viva, esqueço o mundo, meus problemas desaparecem. Eu sou muito feliz com você, não fico um dia sem pensar em poder estar com você, é nessas horas que você me faz tão bem. Seu sorriso bobo, seu jeito bobo, me sinto leve, você acalma meu corpo e minha alma. Como é bom te amar ou melhor como é bom me sentir amada por você."
Quoteografa . (via reciteis)
"Tinha medo da solidão, mas sempre se isolava e vivia sempre sozinho. Talvez o medo que tinha das pessoas fosse maior."
Marcello Henrique.  (via desvalorizavel)
"Às vezes você desiste não por medo ou insegurança, mas por não conseguir tentar e mais."
Escrevas. (via odeio-odiar-voce)
"Eis um pequeno fato. Você vai morrer."
A Menina que Roubava Livros. (via inexos)
"Seja como flor,
floresça."
no jardim   (via inexos)
"— Uma mulher como você? Tenho certeza que recebe muitos convites para sair.
— O que não quer dizer que eu os aceite.
— Fica bancando a difícil?
— Não. Só não gosto de magoar ninguém.
— Quer dizer que você arrasa corações?
— Não, não arraso corações — respondeu baixinho. — O meu coração é que foi arrasado."
Nicholas Sparks. (via materializei)
"— Uma mulher como você? Tenho certeza que recebe muitos convites para sair.
— O que não quer dizer que eu os aceite.
— Fica bancando a difícil?
— Não. Só não gosto de magoar ninguém.
— Quer dizer que você arrasa corações?
— Não, não arraso corações — respondeu baixinho. — O meu coração é que foi arrasado."
Nicholas Sparks. (via materializei)
"Saudade é não saber. Não saber o que fazer com os dias que ficaram mais compridos, não saber como encontrar tarefas que lhe cessem o pensamento, não saber como frear as lágrimas diante de uma música, não saber como vencer a dor de um silêncio que nada preenche."
Martha Medeiros.  (via espeliarmus)

Nega-me o pão, o ar,
a luz, a primavera,
mas nunca o teu riso,
porque então morreria.

— Pablo Neruda.

"Vou exercitar um outro tipo de amor agora. O amor próprio."
Caio Araújo (via redificando)
"- Me ensina?
- O que?
- A te ignorar, como você me ignora."
Caio Fernando Abreu.  (via sombriador)
"Velhinhos são crianças nascidas faz tempo"
O Teatro Mágico. (via velejo)
THEME